• Blog

    Um dia de cada vez

    Para respirarPara lerNão lerViverTrabalharSobreviverPegar os cacos de volta E continuar amanhã Desabafar hoje DesaguarCorrenteza hojeCorre! O mundo gira enquanto lutoCiclo no luto – Nega, aceita, deprime, sente raiva, aceita…Um dia de cada vez,Um dia de cada de luta,Um dia de cada perda,Um dia de cada ganhoUm dia oxigênioRespiroE inspira para sempre Parece tudo contra o tempo ou parece tudo ao mesmo tempo? Comemora as pequenas conquistas do diaLevanta, recolhe tudo, enfia na mala e segue…Ser vida é ser uma eterna viajante, estamos só de passagem!Cata o que dá, faz como deu, mas vive.Para!Segue em frente, recolhe e aprende! Esse é um poema-respiro-lembrete que fiz para esses últimos tempos difíceis e…

  • Blog

    Vamos falar sobre a série Atlanta?

    Porque os homens negros não estão falando sobre a série Atlanta ?  Vocês lembram quando o Donald Glover lançou “This is America”?  O Clipe já me fez apagar a introdução em que eu tentava explicar quem era Donald Glover e tenho certeza que hoje, você já deve saber quem ele é. Eu poderia ficar horas aqui rasgando elogios sobre como esse clipe é viciante, crítico, inteligente e dramático ao mesmo tempo, mas hoje quero falar sobre uma outra obra maravilhosa de Donald Glover que ainda está muito pouco comentada entre nós: ATLANTA!  Atlanta teve seu primeiro episódio lançado em 2016 e é uma comédia estranha, dramática, crítica e muito bem…

  • Blog

    Mulher preta é mais quente!

    Nós mulheres negras estamos sempre presas dentro de uma definição e uma delas, que eu acredito ser a mais forte no Brasil… é a que mulheres negras são fogosas, são mais quentes e bla bla bla! Aí você pensa que isso é só baseado no que os homens pensam certo? Mas vocês já olharam  a quantidade de páginas de ‘’beleza afro’’ por aí? Que são feitas por pessoas negras, as fotos são de pessoas negras e na maioria das vezes são sempre de quê? Mulheres e homens extremamente hipersexualizados.  Aqui é onde pausamos a conversa pra dizer um pouco sobre liberdade de expressão, certo? Você mulher negra pode e deve…

  • Blog

    Quantas transições cabem em um cabelo afro?

    Esse cabelo que diz muito sobre identidade, troca, sobrevivência, amor próprio, autonomia e liberdade. Quantas fases, cachos, crespos, tipos, tradições e traduções de nós cabem dentro dele?Quantos espelhos eu olhei? Quantos olhares diferentes eu tive sobre ele, seja meu ou do outro? Quantas de mim coube nesse cabelo todo? A transição que vem de dentro para fora é um processo diário, eu tentei pensar em quantas liberdades e histórias que meu cabelo veio contando junto comigo esse tempo todo, até me perguntei se a transição tem fim, será que tem? Será que é só deixar o crespo crescer e fim, acabou a transição? Acho que no sentido literal de como…

  • Blog

    Eu não mereço um convite pra sair?

    Desculpa se eu demoro pra te responder Desculpa se eu não tô muito afim de conversar  Me desculpa se eu não quero sair com você  Ou se eu me afasto sem te explicar   De verdade, é que talvez você não consiga entender Nesse mundo onde todo mundo quer amar  Que eu encontrei algo tão bom em mim  Que isso tem sido tudo pra me auto sustentar   Veja bem, as conversas rasas em mares mortos  Admito entender exatamente o que você quer  Mas olhando bem, desejar meu corpo  É tudo o que você consegue enxergar nessa mulher?    Eu não mereço um jantar e uma boa conversa? Eu não…

  • Blog

    4 conselhos para quem está entendendo o que é racismo e seus efeitos agora!

    Há 6 anos atrás eu tive o meu primeiro contato com os temas que hoje tomam as redes sociais: Racismo, machismo, feminismo negro, intolerância religiosa… mulherismo africana e entre outros assuntos que ainda são urgentes e que fizeram parte do meu despertar para consciência racial. Eu lembro que me afoguei em artigos até porque foi um professor da faculdade que me apresentou esses temas e foi na aula dele que eu comecei a me interessar pelo tema. Não foi atoa que eu fiz uma iniciação que falava sobre as posições de ocupação das mulheres negras no mercado de trabalho e que foi publicada, tá? (Acadêmica ela!!!!) Foi muito intenso processar…

  • Blog

    Como é fazer parte dos 4%

    <Carta aberta, sobre uma mulher negra no mundo corporativo> Desde muito nova, quando meu pai me ensinou sobre ser independente. Coloquei toda a minha energia no trabalho. Confesso que no início quando meu pai dizia que por ser negra eu deveria ser duas vezes melhor, eu não entendia. Não parecia difícil, não parecia ser complicado, mas é.  Eu sonhei em ser uma executiva de negócios e por mais que exista em mim um espírito de empreendedorismo surreal, eu sempre quis fazer carreira em alguma empresa e ir crescendo com o tempo. Sempre achei bonito aquele papo de “ fulano entrou como estagiário e hoje é CEO”. E mesmo sendo de…

  • Blog

    Como você se vê?

    No meio de tantas lutas, tantas tristezas e alegrias diárias, me perguntei se eu tenho conseguido refletir e me resgatar diariamente desse caos todo. E para além de buscar uma avaliação externa ou aceitação do outro: Como você tem se visto? Que mulher você tem se tornado?A primeira vez que me fizeram essa pergunta e eu não soube responder, pelo viés estético também de não conseguir se elogiar, por não acreditar na beleza que eu carregava, mas também profissionalmente com as entregas que eu realizava. Como você se vê?Qual é a mulher que você desenha quando pensa em você?Tem se sentido orgulhosa da trajetória que tem construído, das suas conquistas…

  • Blog

    Karol Conká, Lumena e a Mulher Preta no Brasil

    Vamos deixar um pouco os memes de lado, vamos colocar a personalidade complicada e as características que as fizeram errar em suas ações em outro ponto de vista e vem comigo em algumas observações que acabei tendo depois de pensar sobre tudo que vi nessas duas mulheres.  Já adianto que não vou passar pano para ninguém aqui, mas quero te mostrar um ponto de vista, que mesmo existente, não justifica as ações de ambas, bora? Eu sempre fui vista como uma mulher “militante” me deram essa “carga” muito nova, quando de fato eu estava descobrindo o racismo e começava a me posicionar fortemente contra ele, eu estava em uma fase…

  • Blog

    Ancestralidade

    Você já ouviu a frase “Saúdem os seus ancestrais”?! Eu já. E quando eu escutava eu levava muito para um caminho distante do presente, do não conhecimento ou do apagamento, porque foi isso que aconteceu com a gente né? Sequestraram os nossos ancestrais, apagaram seu nome, sua cultura e isso vem transcendendo por gerações de diversas formas. E é comum famílias negras saberem histórias somente das 3 últimas gerações, por isso, essa ideia de ancestralidade, não era palpável na minha cabeça. Há alguns meses eu procurei entender um pouco melhor o que é essa ancestralidade que as pessoas falam tanto e em um dos conteúdos que eu assisti falavam exatamente…