Blog

Auto-lembrete

Auto-lembrete

"Que eu não me perca nas multidões de dentro e de fora de mim
Que eu lembre de dançar, tocar e cantar nos carnavais de dentro e fora de mim

Que eu me lembre de sentir
Que eu me lembre de me ouvir

Que eu lembre de respirar, de olhar para o presente e lembre de seguir em frente. Enfrente.
Que eu lembre de existir em mim
Veja o quanto você é linda, estratégica e doce
Para que eu me lembre de ser gentil comigo"

Eu escrevi esse poema no inicio de 2020 porque uma das minhas metas desse ano era de não me esquecer no meio dessa loucura toda que é a vida. Uma meta/lembrete para eu me amar, considerando as minhas sombras, meus medos, minhas qualidades e as belezas mais ricas e profundas que eu aprendi a olhar e amar. Hoje, praticamente no final de 2020, eu vejo como isso foi afago. É um lembrete de autoamor.

Qual será o seu auto-lembrete em 2021?

Eu sou Paloma, 26 anos, mulher negra, periférica, escritora, corajosa e viva! "O que a gente escreve toca e sente em escritas ficam imortais” Palu Macedo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *