Blog

Atire a primeira ajuda

“Do cotidiano que afasta e diminui a dor do que já aconteceu. Do aprender a errar, do errar e do pedir ajuda.

Atire a primeira pedra a preta que sabe pedir ajuda.

Atire a pedra na treta que é pedir ajuda.

Tire a treta da preta que precisa ser forte. Que acha que fortaleza não chora e não transborda. Se escuta preta!

É sobre lembrar que você não é sozinha, que tem carinho, tem afeto e tem ajuda.

Você não está sozinha, Preta!”

Por Palu Macedo

Como lidar quando a gente se dedica muito pro mundo e pouco para gente mesmo?

Eu escrevi essa nota no dia que eu entendi que eu não sabia pedir ajuda e como isso me sobrecarregava, por querer levar vários mundos em mim e como consequência, sem perceber, me descuidava do universo que eu sou. Eu tenho aprendido que tudo é troca, limites e prioridade. Em qual lugar você está nas suas escolhas, quem está presente nas suas trocas?

Eu sou Paloma, 26 anos, mulher negra, periférica, escritora, corajosa e viva! "O que a gente escreve toca e sente em escritas ficam imortais” Palu Macedo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *