Blog

Eu não mereço um convite pra sair?

Desculpa se eu demoro pra te responder

Desculpa se eu não tô muito afim de conversar 

Me desculpa se eu não quero sair com você 

Ou se eu me afasto sem te explicar

 

De verdade, é que talvez você não consiga entender

Nesse mundo onde todo mundo quer amar 

Que eu encontrei algo tão bom em mim 

Que isso tem sido tudo pra me auto sustentar

 

Veja bem, as conversas rasas em mares mortos 

Admito entender exatamente o que você quer 

Mas olhando bem, desejar meu corpo 

É tudo o que você consegue enxergar nessa mulher? 

 

Eu não mereço um jantar e uma boa conversa?

Eu não mereço um convite pra sair?

É nítido o quanto a minha vida não te interessa

Então de fato, o que você tá fazendo aqui? 

 

Eu não quero o mínimo da sua atenção 

Eu não preciso das suas migalhas por tesão 

Não estou te pedindo em casamento

Mas é questão de merecimento 

 

Eu sei o quanto eu sofri pra hoje ser tão feliz sozinha 

O quanto precisei aprender sobre amor próprio na vida 

O quanto parei de ser objeto na mão de quem nunca nem pensou em ter algo sério 

Pra hoje dar o meu universo para qualquer rua sem saída 

 

A minha companhia tem sido o suficiente 

As minhas risadas altas de um vídeo bobo 

Eu dançando pela sala loucamente 

Horas no espelho admirando o meu corpo 

 

Uma sexta a noite com vinho e Netflix 

Um filme ruim que eu sozinha escolhi 

Depois eu me xingo e dou uma risada comigo mesma 

Foram as duas horas de uma sexta, que eu perdi 

 

E é assim, me amar tanto ao ponto de saber  

Que até o meu mínimo é muito valioso 

Então prefiro sempre me escolher 

Ao invés de ser brinquedo em ciclo amoroso 

Sté Souza, tem focado trabalhar com conteúdos que sejam para mulheres negras, com blogs, projetos de empreendedorismo e muito conteúdo nas redes sociais.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *