Blog

Mulher preta é mais quente!

Nós mulheres negras estamos sempre presas dentro de uma definição e uma delas, que eu acredito ser a mais forte no Brasil… é a que mulheres negras são fogosas, são mais quentes e bla bla bla!

Aí você pensa que isso é só baseado no que os homens pensam certo?

Mas vocês já olharam  a quantidade de páginas de ‘’beleza afro’’ por aí? Que são feitas por pessoas negras, as fotos são de pessoas negras e na maioria das vezes são sempre de quê? Mulheres e homens extremamente hipersexualizados. 

Aqui é onde pausamos a conversa pra dizer um pouco sobre liberdade de expressão, certo?

Você mulher negra pode e deve ser o que você quiser, na sua individualidade mas o que eu trago aqui é maior que seus gostos e sim sobre uma sociedade que te estruturam de uma maneira geral, ou seja, independente de quem você seja, no geral, você sempre estaria dentro desse grupo. 

Certa vez estava conversando com um homem negro e ele comentou: 

-Você mora sozinha, né?

-Sim 

– E quantos filhos você tem?

Tipo, porque morar sozinha esta ligado ao fato de ter filhos?

-Eu não tenho filhos

-NENHUM?

-Nenhum, rs 

– Caramba! 

Ele ainda ficou indignado. Entende o que eu tô falando? 

Nós estamos sempre dentro de um grupo que é maior do que nossas individualidades. Não sabem que existem mulheres que falam sobre nutrição, que possuem mestrados, que abriram seus próprios negócios, que amam animes, que gostam de horóscopo, que falam de milhares de assuntos, mas porque essas mulheres têm menos notoriedade? 

Porque não reforçamos esse tipo de ideia e precisamos. 

Não podemos esperar que a mídia comece a reforçar nossa imagem de outra maneira, todos nós hoje temos uma audiência. Quantas pessoas te seguem? Assistem seus stories, curtem as suas publicações? 

Nós também podemos reforçar melhor outros tipos de perfis, outras imagens, mostrar que existem outras versões de nós. 

É como eu disse em post… sua mãe precisa saber que existem mulheres como elas que são ricas, que outras estão criando impérios. 

A sua prima adolescente merece saber que ela pode sim sair da curva de ser vista como um objeto sexual, de que ela não precisa achar que foi apenas para ser mãe solo, sabe?

Não vamos esperar sentadas para que mudem isso, antes, que possamos nos mostrar de formas diferentes para nossas audiências. 

Não se engane, você também é voz! 

Sté Souza, tem focado trabalhar com conteúdos que sejam para mulheres negras, com blogs, projetos de empreendedorismo e muito conteúdo nas redes sociais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *